Choose your language:  
Terracor seta Novidades

Foto: divulgação
   

A Estufa e Terracor na Design Weekend 2017!

De 09 a 13 de agosto São Paulo reverberá aos quatro cantos da cidade o maior festival urbano que promove a cultura do design e suas conexões com a arquitetura, artes, decoração e urbanismo pensando e divulgando a economia criativa.

Com 40 anos de história, a A Estufa localizada na Vila Madalena, o epicentro do design e das artes, é um espaço fundado pelos arquitetos paisagistas Marlene e Leo Laniado. Foi a primeira boutique de São Paulo a oferecer plantas ornamentais e objetos relacionados em paisagismo se tornando assim, um oásis natural dentro da concretada São Paulo. E, não demorou muito para a A Estufa se tornar também uma incubadora de ideais com inovação de produtos e um espaço de disseminação da  arte e  da cultura.

É neste cenário que acontecerá a exposição “Artífices da Madeira” com peças em madeira criadas e assinadas pelos designers Julia Krantz, Morito Ebine e Fernando Mendes.

As peças expostas vão além do decorativo, fazem pensar, refletir sobre o uso da madeira e sua continuidade como vida. A “vida da árvore acabou, né , assim quando cortou, vira madeira. Mas depois de virar madeira, quando assim vira objeto,  aí pode começar na segunda vida , de uso”, reflete o designer japonês Morito Ebine, que trouxe ao Brasil há 22 anos, a técnica japonesa de confecção de mobiliário através de encaixes precisos e elegantes, aplicando-a às espécies brasileiras de madeira.

Sob esta perspectiva reflexiva a respeito da madeira surge a “Artífices da Madeira”. A madeira traz consigo características peculiares que lhe conferem larga vantagem sobre outros materiais, em primeiro lugar por sua condição de recurso absolutamente renovável, desde que explorada de forma sustentável, garantindo a sobrevivência e o florescimento das florestas nativas dos mais diferentes tipos de vegetação ao redor do mundo. Em segundo lugar pode-se citar a variedade de espécies, com suas cores, texturas, cheiros, densidades, sabores, pratos cheios para o criador inspirado. Em terceiro lugar vem a trabalhabilidade da madeira, que traz inúmeras possibilidades e se presta com a mesma maestria a construções de edificações, pontes, embarcações, instrumentos musicais, peças de mobiliário, esculturas, gravuras, brinquedos, jogos etc.

Os designers Julia Krantz, Morito Ebine e Fernando Mendes de Almeida criam móveis e objetos que resgatam valores perdidos de cooperação mútua homem/meio ambiente, de estímulo à produção e consumo conscientes de bens duráveis, atóxicos e biodegradáveis e do trabalho do artífice que manuseia a madeira com amor e simpatia. Móveis, objetos e artífices se entrelaçam por um momento em uma atmosfera onde o observador não é mero espectador, mas um novo canal possível de disseminação e resgate da apreciação do trabalho manual.

Concomitantemente à exposição “Artífices da Madeira”, a  A Estufa apresentará o lançamento da nova cartela de revestimentos a Terracor, a coleção Óxidos de tintas. A Terracor Óxidos é um revestimento acrílico para paredes que recria com nuances metálicas, diversos tons de oxidação, como latão, cobre, azinhavrado, “vert de gris”, aço corten. É um acabamento rústico que leva sofisticação para os projetos contemporâneos de arquitetura e decoração. A nova cartela de cores é ampla e fiel aos efeitos naturais de oxidação e envelhecimento de metais. É  ideal para ambientes internos e externos e possui alta resistência e durabilidade.

A Exposição “Artífices da Madeira” será de 09 a 13 de agosto entrada gratuita. No dia 12 de agosto será realizado um coquetel oferecido pela Suri Cervecheria Bar a partir das 12h com a presença dos designers

Sobre os designers

Julia Krantz
Seu primeiro desenho de uma peça de mobiliário surgiu aos 10 anos de idade, e a fixação por criar ambientes internos a partir da composição de objetos/móveis/iluminação sempre fizeram parte de sua vida. Formada pela FAU-USP em 1997, se voltou ao trabalho com madeira. Continua neste caminho, em seu ateliê em São Paulo, onde explora diversas técnicas de marcenaria na confecção de móveis, objetos e esculturas.

Fernando Mendes
É um destes criadores contemporâneos que faz da madeira seu principal meio de realização. O trabalho investido em seu mobiliário evidencia astúcias desta tradição brasileira tão rica na relação com a nobreza deste material, redefinindo o que há séculos formou-se no Brasil como repertórios de usos e soluções no espaço das casas, com soluções simples que garantem uma escala bem controlada entre a artesania dos objetos únicos e a fabricação especializada do serial. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

Morito Ebine
Japonês, nascido na província de Tochigi, estudou Desenho de Mobiliário e Marcenaria na Universidade Politécnica em Kanagawa. Chegou ao Brasil há 22 anos (1995) trazendo consigo a técnica japonesa de confecção de mobiliário através de encaixes precisos e elegantes e aplicando-a às espécies brasileiras de madeira. Trabalha e ensina em seu ateliê em Santo Antonio do Pinhal, em um espaço onde se respira conhecimento, aprendizado e vivência direta da essência do trabalho artesanal.





 

- Junte-se a nós